Depressão – Causas e Tratamentos

Rate this post

Mais de 300 milhões de pessoas vivem com depressão no mundo todo, segundo a Organização Mundial da Saúde. Embora em alguns casos elas possam se confundir ou até se manifestar ao mesmo tempo, depressão e ansiedade são doenças diferentes. Cada uma delas tem causas, sintomas e tratamentos específicos.

A depressão é uma doença que altera o equilíbrio do ser, distorcendo toda a sua visão de mundo. As principais causas possíveis para a depressão, são desequilíbrios metabólicos ou hormonais, ambientes de competição constante, falta de afeto e empatia entre as pessoas. Indivíduos que enfrentam traumas na vida, como luto, desemprego ou doenças, também são mais propensos a desenvolver a condição. Portanto, é resultado de uma interação complexa entre fatores sociais, psicológicos e biológicos.

Os sintomas mais comuns da depressão são:
· Presença constante de pensamentos negativos;
· Sentimentos de culpa;
· Sensação de inutilidade;
· Baixa auto-estima;
· Tristeza;
· Diminuição do prazer e do ânimo para atividades cotidianas.

Tratamento

A depressão é um distúrbio recorrente, sendo que ao ter uma fase, o paciente apresenta 50% de chance de ter uma recaída. Se foram duas fases, a probabilidade é de 90%.

A psicoterapia é também essencial, fazendo com que a pessoa aprenda a lidar com a própria depressão, conheça a si mesma e possa compreender não só o significado dos fatores desencadeantes para sua personalidade, como também, possibilita transformar-se. Buscar fazer atividades físicas que trazem bem estar, escutar músicas alegres e contagiantes, praticar meditação e fazer acupuntura também fazem parte do tratamento.

A alimentação correta pode diminuir em até 50% o risco de depressão. O ômega-3, magnésio, fibras, zinco, ferro, além das vitaminas C, B1, B9 e B12, são as principais vitaminas e minerais para auxiliar no tratamento.