Dietoterapia Energética Elementos: Madeira e Fogo

Rate this post

Dietoterapia Energética Elemento Madeira

Estação: Primavera
Clima: Vento
Órgãos: Fígado, Vesícula biliar
Órgãos dos sentidos: Olhos
Partes do corpo: Músculos, tendões
Manifestações físicas: Unhas
Emoção: Agressividade, ódio e cólera
Sabor: Ácido
Cor: Verde

Quando perturbado, o elemento madeira pode produzir confusão emocional e sensações de compressão, com aperto no diafragma, peito e garganta. Uma insuficiência no elemento madeira também pode causar problemas de coluna, articulação dos membros e flexibilidade de movimento. No nível emocional, o equilíbrio entre os elementos produz paciência e bom humor. Um desequilíbrio resulta em agressão, dificuldade para controlar a raiva e tendência para descarregar a raiva sobre qualquer coisa que estiver ao alcance.

Embora todas as pessoas fiquem zangadas de vez em quando, se essa condição for constante é muito provável a existência de um desequilíbrio no elemento madeira.

Dietoterapia:

Vegetais: vagem, tomate, ervilha, salsa, alho poró, alface e espinafre;

Frutas: maçã, abacaxi, kiwi, ameixa e tangerina;

Carnes: fígado de galinha e de boi;

Dietoterapia Energética Elemento Fogo

Estação: Verão
Clima: Calor
Órgãos: Coração, intestino, circulação
Órgãos dos sentidos: Língua
Partes do corpo: Vasos sanguíneos
Manifestações físicas: Rosto
Emoção: Alegria, felicidade
Sabor: Amargo
Cor: Vermelho

Uma pessoa com um forte elemento fogo será cordial, atenciosa e capaz de grande entusiasmo. Por outro lado, uma deficiência neste elemento, poderá manifestar-se como falta de entusiasmo ou uma incapacidade para demonstrar cordialidade em relação a outras pessoas. No que diz respeito às emoções, este elemento relaciona-se com o amor, a felicidade, a bondade e a generosidade. É especialmente no verão que surgem problemas com o elemento fogo. Problemas do coração, intestino delgado, ouvidos e de transpiração, bem como defeitos de articulação de voz e de pele, estão relacionados com este elemento.

Dietoterapia:

Vegetais: beterraba, couve, aspargos, chicória, acelga;

Cereais: aveia, trigo;

Temperos: noz moscada;

Carnes: de boi;