Dietoterapia Energética – Os 5 elementos

Rate this post

A Dietoterapia Energética é a terapia alimentar que constitui um dos pilares mais importantes da Medicina Tradicional Chinesa que tem como objetivo tonificar os órgãos, equilibrar o Qi (fluxo de energia que circula pelo corpo) e promover a saúde e a nutrição através de uma alimentação saudável e natural.

Desse modo, os alimentos devem ser escolhidos em função de sua natureza: sabor, aroma, cor, temperatura, textura, movimento, pela correspondência de cada sabor com os órgãos e vísceras, com as emoções e estações do ano.

Na Medicina Tradicional Chinesa, os alimentos são fornecedores de energia, regidos pelas leis do universo, ou seja, pela teoria do Yin e Yang e pela teoria dos Cinco Movimentos.

O sabor correspondente do órgão tonifica se ele estiver com sua função deficiente; se o órgão correspondente estiver com excesso de energia, o sabor correspondente pode ser prejudicial. Nos casos em que os órgãos estão trabalhando em plenitude, com excesso de energia, há sabores que podem atuar com efeitos reguladores.

Para a composição de uma dieta adequada às necessidades de um indivíduo, é necessário fazer uma avaliação do estado do paciente, considerando as características físicas e mentais, sua idade, gênero, profissão, lugar onde vive, órgãos que precisam ser tonificados e aspectos energéticos que precisam ser equilibrados.

Não podemos nos esquecer que a alimentação é uma das principais fontes de nutrição de nosso Qi. Devemos escolher alimentos da estação, livres de agrotóxicos e hormônios, comer sem exageros, tomar bastante água e evitar bebidas alcoólicas.